'projeto 6 on 6' | Movimento

domingo, março 06, 2016


Culpem a minha alma cigana, o meu espírito livre e o meu coração de filha da floresta. Movimento foi o tema escolhido para o mês de março do nosso 'projeto 6 on 6' e eu não poderia ter ficado mais feliz. Ele é o ingrediente secreto da minha vida, mais não seja pela forma como faz cirandar o elemento que rege o meu destino, o ar. Aprendi a ser feliz a voar em direção ao céu, mesmo sem asas, e é abraçada ao vento que faço questão de percorrer o meu caminho na Terra. Fiquei ancorada na brisa de uma tarde de primavera e é nessa recordação que os meus pensamentos se demoram quando os dias teimam em ficar nublados. As horas vagueiam mansamente e o meu corpo serpenteia nas esquinas do tempo. Poesia-me, aragem. Agita-me. Desloca-me ao teu sabor. Arrebata-me. Faz-me sentir viva. Liberta-me. Sempre!


As ondas do mar
O meu postal favorito de Portugal: a inspiradora paisagem da Praia do Carvalho, no Carvoeiro, Algarve.


As viagens de bicicleta
A minha menina de quatro rodas é o meu meio de transporte de eleição. 'Ride or die', em Barcelona.


O tic-tac dos ponteiros
O fascínio começou em miúda com os relógios de pêndulo. Coleciono os de pulso, vibro com os de bolso. 
O relógio do Museu d' Orsay, em Paris, remete-me para as ilustrações do livro A Invenção de Hugo Cabret e arranca-me sempre um suspiro. A sua imponência faz-me sonhar acordada com um mundo de fantasia.


Os cabelos ao vento 
Eu e a Sílvia Ferreira partilhamos uma sinergia incrível. É algo que não se explica, mas vibra cá dentro. Ela cristalizou no tempo a índia Pocahontas que vive dentro de mim. Sem amarras. Desatada. Inteira.


O bulício da minha cidade-luz, Lisboa
Perdia-me em ti as vezes que fossem precisas, mulher da minha vida. O que seria de mim sem os teus elétricos pitorescos, os teus bairros ancestrais, as tuas lojas castiças, a tua ginjinha, o odor do teu Tejo. Voltarei sempre para ti, princesa do Atlântico. Que a tua luz nunca esmoreça.


A preservação do Planeta Terra
Juntei-me ao movimento 'Enrich not exploir - Contribuir sem explorar', da marca de produtos orgânicos The Body Shop, e adquiri a edição limitada do creme de cânhamo Hemo Hand Protector. Porque a mudança começa em nós, ao adquirirem esta embalagem-maravilha estarão a contribuir com dois euros para a salvação da Mãe-natureza. Está disponível em todas as lojas deste fabricante!

---
Não se esqueçam de passar pelos cantinhos das bloggers mais fantásticas:

You Might Also Like

5 comentários

  1. Obrigada! :)

    E eu adorei o teu, destas fotografias não sei qual gosto mais. Estão todas espetaculares! :D

    Beijinhos :*

    ResponderEliminar
  2. Obrigada! :)

    E eu adorei o teu, destas fotografias não sei qual gosto mais. Estão todas espetaculares! :D

    Beijinhos :*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, baby! Fico tão, mas tão feliz por teres chegado aqui, certamente às cavalitas do vento. Baci, bella ragazza.*

      Eliminar
  3. Como sempre brindas-nos com fotos que nos fazem sonhar e um texto que nos faz vibrar. O movimento é realmente uma palavra que está muito presente em nós Joaninha, só este mês, com o nosso 6 on 6 é que me apercebi disso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida, minha irmã do vento. Não tenho palavras para descrever o teu carinho e a forma como me descreveste ontem. O Bloggers Camp trouxe-me uma nova família. Grata por te ter conhecido, meu bem. Namasté!

      Eliminar